PRÉ-CANDIDATA DE BÚZIOS FALA SOBRE A NECESSIDADE DE REESTRUTURAÇÃO DA POLÍTICA NO MUNICÍPIO

0
6

Revista Lagos

PRÉ-CANDIDATA DE BÚZIOS FALA SOBRE A NECESSIDADE DE REESTRUTURAÇÃO DA POLÍTICA NO MUNICÍPIO 

 

claudia 4

 

1) O que levou a senhora a colocar seu nome, a disposição do partido como pré-candidata à Prefeitura de Búzios?

Tenho consciência de minha capacidade de gestão e pelo tempo que comandei a pasta da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho e Renda do Município e com o precioso apoio da equipe de profissionais, conseguimos estruturar toda a Secretaria com as bases legais da Assistência Social.

Citarei algumas de nossas ações:

Capacitação para os Microempreendedores, cadastro dos Agricultores Rurais para criação da Feira Periurbana, Centro de Convivência do Idoso, PROCON, Centro de Atendimento a Mulher, Centro de Qualificação Profissional, CRAS de Baía Formosa  e a criação de Conselhos que trazem a Sociedade Civil para discutir a Gestão Pública, como por exemplo, o das Mulheres, Idosos, Deficientes, Igualdade Racial e Crianças.

Infelizmente e por conta da percepção de total incompatibilidade de princípios com a atual gestão municipal, fui exonerada, pois meu trabalho e os impactos sociais positivos decorrentes da implantação dos projetos sociais acima elencados começaram a ”incomodar” de maneira absolutamente inexplicável, sendo que retaliações à minha pessoa começaram a surgir.

Desde a minha exoneração, venho recebendo apoios  de cidadãos e entidades que estão fartos das práticas politicas que vem se instalando no Município a vários anos. Tais práticas atingiram o extremo do descaso nesta gestão atual, pautadas no favorecimento de poucos em detrimento da maioria da população buziana.

 Na verdade a mensagem clara que muito me motiva é a grande expectativa que a população nutre quanto à renovação e o surgimento de novos quadros na política local que realmente ataquem frontalmente as grandes mazelas que vem sendo “varridas para debaixo do tapete, ” nas sucessivas administrações desta cidade, fazendo com que Armação dos Búzios corra o sério risco de perder sua proeminência como um dos principais destinos turísticos do País.

Tomo a liberdade de me incluir como um dos possíveis novos quadros políticos do Município, oferecendo minha comprovada experiência como pré-candidata.

2) Em tempos tão conturbados na economia nacional – e que se refletem diretamente nas contas dos municípios – qual seriam os seus principais desafios nesse cenário?

Em números redondos, o Orçamento Municipal aprovado para o ano fiscal de 2016 é de R$ 220.0 milhões. É escandaloso qualquer político, quer seja envolvido na administração atual ou pretendente a ocupar a cadeira do Prefeito nas próximas eleições, sequer tentar culpar a situação econômica, por possíveis fracassos na gestão financeira do município. Trata-se de recursos substanciais que com boa gestão e eliminação de desvios através de superfaturamentos, desperdícios, inchaços da máquina pública, tornaria a substancial queda dos royalties (a grande vilã apontada pela maioria dos Municípios da Região dos Lagos e responsável pelo descontrole das finanças municipais) praticamente imperceptível. Aliás, royalties desde a sua disponibilização foram sempre tratados de maneira absolutamente irresponsável pelos Prefeitos da área de influência, na medida em que tais recursos nunca deveriam ser considerados como disponíveis em orçamento e sim como reservas de contingência, através de fundos constituídos para a mitigação dos impactos ou desastres ambientais decorrentes da atividade de óleo & gás nas proximidades costeiras dos municípios elegíveis ao recebimento destes royalties.

Adicionalmente, e em que pese à situação das finanças publicas do País tenho um histórico de sucesso na busca de recursos junto ao Governo Federal durante a minha permanência na Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho e Renda, quer seja para projetos sociais específicos, ou convênios e emendas parlamentares, esforço este, que pretendo retomar quando eleita Prefeita do Município. É importante salientar que por mais caótica que seja a situação do País, e não estamos falando de situação recente, recursos para situações especificas projetos devidamente apresentados, tecnicamente viáveis onde a “conta feche” serão sempre contemplados os recursos correspondentes pelo Governo Federal. Basta contarmos com profissionais competentes e capacitados na confecção de projetos que façam realmente sentido ao Município.

3) O que representa a visita do Deputado Marcus Vinicius Neskau, presidente do partido no estado, para a nossa cidade e para seus propósitos políticos, em especial?

O Deputado é um homem sensível às necessidades do Município, até por que frequenta Armação dos Búzios há muito tempo. Se adicionarmos a isto a sua grande experiência legislativa e também executiva como Secretário de Estado de Envelhecimento Saudável, considero seu prestigio inestimável  e seu apoio  necessário às minhas pretensões de tornar este Município novamente um local aprazível de se viver e digno de se investir uma vez trabalhando-se com afinco para superar todos os problemas e omissões dos governantes que dele se apossaram.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here